Avançar para o conteúdo principal

Qual foi o último presidente sério, honesto e bom gestor que o Benfica teve?

Qual foi o último presidente sério, honesto e bom gestor que o Benfica teve? 

O Benfica, pelo seu impacto social, económico e até político, é um alvo apetecível para todos aqueles que pretendem fazer negócios à margem da legalidade, porque o futebol tem sido uma ilha isolada e intocável durante todas estas décadas em Portugal. 

O Benfica de Vieira é um bom exemplo de tudo isto. Agora que ele tropeçou (não se convençam de que caiu, porque qualquer julgamento demorará anos para acontecer e, como habitualmente, vai dar em nada) todos se escondem atrás da pedra mais próxima e alegam nada terem sabido. 

Ainda há menos de um ano, antes das eleições no nosso clube, o presidente da Câmara de Lisboa e o Primeiro-Ministro aceitaram constar na Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira? Nenhum deles sabia da "desonra" vindoura? Todos apoiavam Vieira sem conhecerem o seu carácter? 

Vivemos num país de piratas cuja influência vai de São Bento até aos conselhos de administração dos bancos, passando pelos estádios de futebol e pelas barras dos tribunais. 

Aquilo que se tem vislumbrado nos últimos anos com os casos do BPN, do BES, com as prisões de José Sócrates, Ricardo Salgado, Joe Berardo e agora Luís Filipe Vieira são meros vislumbres daquilo que está podre ao nível da casca desta maçã que é Portugal. 

O problema, meus caros, é que poucos imaginam sequer o nível de podridão que vai debaixo dessa casca, a tal nível que nem o caroço se aproveita. A minha impressão é que nada disto vai dar em nada. 

Vieira estará calmamente em casa a gozar o fruto das negociatas nas quais participou enquanto testa de ferro. 

Berardo continuará a olhar para os seus quadros enquanto sentado no seu sofá. 

Sócrates continuará a correr de manhã junto ao mar na Ericeira. 

Tudo isto enquanto nós, Benfiquistas ou não, continuaremos a ter um dos piores níveis de vida da UE, sem perspectivas de futuro, sufocados por impostos, taxas e taxinhas para pagar tudo aquilo que foi roubado por aqueles que nos precederam, enterrados numa dívida infindável e sempre crescente que continuará a ter de ser paga pelos nossos netos e bisnetos. 

Bem sei que é um ponto de vista obscuro e aterrador, mas está mais próximo da realidade do que qualquer outra coisa que oiçam, leiam ou vejam esta semana em qualquer meio de comunicação social. 

Escrito por CF
(Retirado do NGB)
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

4 comentários

  1. Podia ter sido eu a escrever isto.....como não fui clap clap clap

    ResponderEliminar
  2. Não sei responder, mas cresci com João Santos e depois Jorge de Brito, depois desses dois senhores nunca mais tivemos um presidente à altura, Vieira, Vale, Damásio tudo uma corja que de presidente nada têm, Vilarinho reconheço grande Benfiquismo mas muito curto para Presidente.
    Depois de todo este lamaçal gostaria que alguem como Bagão Felix fizesse parte de forma activa na próxima direcção, alguem de inquestionável conduta.

    ResponderEliminar
  3. A resposta é: o Sr. Jorge de Brito! (com quem nós, sócios ou adeptos, fomos ingratos)

    ResponderEliminar

  4. Em 2007, Florentino Pérez acusava Pinto da Costa e Jorge Mendes de levarem dinheiro das transferências para a Suíça. VIDEO AUDIO: https://twitter.com/CabineSport/status/1415205317147824129


    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não