Avançar para o conteúdo principal

De John Textor, com amor...

 À população e à comunidade do Sport Lisboa e Benfica:

À luz das notícias que todos tomamos nos últimos dias, desejo compartilhar com vocês algumas das minhas crenças e também gostaria de esclarecer, para seu benefício, meus interesses em me envolver com o seu querido Clube.

  • Sou um amante do futebol e acredito que ele tem se mostrado o maior unificador de pessoas e culturas que já vimos no mundo do esporte ... e sua influência global só está crescendo.

  • Acredito que os clubes de futebol e as comunidades estão intimamente ligados e que a propriedade dos clubes de futebol deve estar nas mãos do público.

  • Estou especificamente interessado em clubes de futebol que tenham a oportunidade de proporcionar benefícios diretos e tangíveis às pessoas nas suas comunidades imediatamente próximas e àqueles dentro do seu alcance global.

  • Sinto-me atraído pelo Sport Lisboa e Benfica porque é verdadeiramente o Clube do Povo… e será sempre o Clube do Povo. Ao contrário de qualquer empresa ou clube com o qual tive o prazer de me associar, ele foi formado, está estruturado e é dirigido principalmente para o benefício de sua comunidade. Se alguma vez fosse convidado pelo povo de Benfica para apoiar a missão do SL Benfica, não teria de criar essa ligação com a comunidade… tem sido o jeito do Benfica desde muito antes da minha chegada… Só esperava poder ajudar a fortalecer o SL Benfica em benefício da sua gente.

  • Acredito que o SL Benfica é o gigante adormecido do futebol mundial, o maior promotor de talentos nas suas academias, com uma oportunidade ímpar de estender a sua missão e a sua marca a públicos globais em rápido crescimento.

  • Creio que o SL Benfica tomou uma decisão acertada de se tornar um clube cotado na bolsa, uma extensão lógica da sua forma de governação bem sucedida pelo povo do Benfica, embora eu acredite que a escala limitada e a liquidez dos mercados de capitais de Portugal não o tenham permitiu ao SL Benfica maximizar o seu potencial como uma empresa global.

  • Acredito que uma maior coordenação entre os mercados de Portugal e as bolsas globais de valores nos Estados Unidos e noutros locais daria ao SL Benfica um acesso eficiente a grandes reservas de pessoas e capitais que serviriam melhor a missão do Benfica.

  • Acredito que a história e os ensinamentos do SL Benfica, veiculados através da expansão internacional da academia e através da mídia, seriam bem-vindos e valorizados em todo o mundo, trazendo novas oportunidades de receita de lugares distantes que trariam retorno para o povo do Benfica em Portugal .

  • Creio que posso ser uma das pessoas que pode trazer ideias à comunidade do Benfica que podem ajudar a melhorar a capitalização e as receitas do Clube, para um propósito que é justo para os adeptos… o objectivo de manter muitos mais dos melhores jogadores do SL Benfica jogando pelo SL Benfica. É claro que a emoção de jogar na Champions League, para os benfiquistas, passou a ser menos emoção e mais expectativa. Não deveria ser agora o objetivo de vencer?


Para ser claro, essas são apenas minhas crenças. Eles ainda não são planos. Não adquiri acções do SL Benfica. Tenho gostado das minhas conversas e correspondência com o devoto adepto do SL Benfica, Sr. José António dos Santos. Acredito que ele realmente ama o Clube e acredito que ele vê, em mim, uma pessoa que tem o coração certo e a experiência certa para fazer avançar a missão da comunidade do Benfica.

Nunca busquei, negociei ou cheguei a um acordo para comprar ações da SLBEN de qualquer outra parte que não o Sr. dos Santos, nem comprei quaisquer ações da SLBEN (direta ou indiretamente) nos mercados abertos. O Sr. dos Santos foi-me apresentado, não pela direcção do SL Benfica, mas sim por uma instituição de banca de investimento com sede em Londres, com quem regularmente discuto oportunidades de investimento, nomeadamente na indústria do desporto.

Tal como tu, estou a digerir muito rapidamente a notícia inesperada que está a impactar o SL Benfica. Embora estivesse ansioso por me encontrar com a equipa de gestão do SL Benfica nas próximas semanas, estou agora a avaliar se tenciono ou não concretizar a compra de acções SLBEN. Era a minha grande esperança ser recebido como um parceiro positivo e contribuidor para a comunidade do Benfica e obviamente tenho de avaliar a notável mudança de circunstâncias à medida que avalio esta oportunidade. Novamente, como você, estou reservando o direito de fazer meus próprios julgamentos e minhas próprias decisões à medida que aprendo mais.

Entretanto, desejo-lhe os melhores resultados e alegria pessoal durante a próxima época, pois tenho a certeza de que o Sport Lisboa e Benfica continuará a ser tão forte no próximo ano como tem sido nos últimos 117 anos.

Calorosamente,

John Textor

----------------------

Nota;

Diz-me com quem andas e dir-te-ei que és!

Afinal o Mattamouros, cunhado do Noronha, não será o "testa de ferro" deste Textor, pergunto eu na minha ingenuidade?

E essa "golpada" não estaria já nos planos do Noronha caso vencesse, pergunto de novo?

E os gastos das bifanas e afins, quem pagou? huummm...huummm...

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

1 comentários

  1. Pois não sei e tu também não sabes e fazer de caixa de ressonância de conspirações com base na ignorância não me é apetecível. O que sei é que apesar de tudo foi o único, nesta história toda, que mostrou respeito pelo Benfica e pelos sócios do Benfica. Foi o único que procurou dar algum tipo de explicação pública aos sócios e adeptos do Benfica, o que além de ser hilariante, dá uma ideia da falta de qualidade, de ética e de benfiquismo dos elementos da Direção Benfica.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não