Avançar para o conteúdo principal

Record para as viúvas

As viúvas do jejum que se gabem de mais este record: 

 Desde 1946, então a disputar o Campeonato de Lisboa, que o Benfica não sofria, pelo menos, três golos em três jogos de forma consecutiva. 

Aconteceu entre 17 de novembro e 1 de dezembro desse ano, com derrotas sucessivas para Sporting (1-3), FC Porto (2-3) e Estoril (3-6). 74 anos atrás...

José Rama 09 Novembro, 2020 
(Sacado no NGB)
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

2 comentários

  1. Amigo Viriato de Viseu

    As coisas vão melhorar. Roma e Pavia não se fizeram num dia.
    Acreditemos que as coisas se vão compor rapidamente

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. é mesmo isso as coisas vau se recompor.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não