Avançar para o conteúdo principal

NÃO VOS ILUDAIS COM A MÚSICA E O CANTO DOS JOGRAIS!

LFV não é pessoa em quem se possa confiar e muito menos nos amigos que congrega à sua volta, que preferem serem avençados da sua influência e poder do que serem opositores dos seus desmandos e prepotências, atirando para as urtigas a moral e a ética, que nestas coisas do futebol têm menos peso e importância que o devaneio rebuscado do frete e favor, que por norma se rende sempre ao interesse mais alto que está em jogo, em apoios oferecidos por troca de contrapartidas anunciadas.

Comem todos da mesma gamela, conhecem-se bem uns aos outros, e a única coisa que os distingue, na verdade, é que LFV manda e os demais apenas cumprem, numa espécie de juramento de honra selado a sangue frio, como se uma qualquer organização da “vendetta italiana” se tratasse, em que a traição se paga com a morte e a morte se evita e amortiza com o silêncio, do género “não contes tudo o que sabes de mim, para que eu não diga metade de tudo o que sei de ti”, e nestes muitos rabos de palha e telhados de vidro, o melhor é mesmo ouvir e… calar. 

No Benfica instalou-se a política do medo e da ameaça, bem visível, aliás, no jornal e televisão do clube, onde não há o mínimo resquício de crítica ou de confrontação ao actual estado tirano do despotismo, em que manda quem pode e obedece quem tem juízo, neste larvar permanente da carne putrefacta que vai atraindo mais e mais varejeiras e alguns abutres que por aqui já vão circundando. 

E se por um lado nos congratulamos pelo esmorecer da influência que Jorge Mendes tem/tinha no Benfica, por outro, não podemos aceitar o protagonismo crescente de outros, como César Boaventura e Paulo Gonçalves estão a ter, e por que carga de água e a que propósito intervêm directamente em negociações que não lhes dizem respeito? 

Ou por alma de quem, a ser verdade, Jorge Jesus faça tanta força para ter Rúben Semedo, quando se sabe que este cadastrado está impedido de entrar durante 8 anos em Espanha, e qual seria a vantagem em tê-lo na equipa caso se desse o sortilégio de tanto na liga dos campeões, se lá chegarmos, ou na liga Europa, se por lá cairmos, ter de defrontar uma equipa espanhola? 

Ao que chega o ridículo do amadorismo… 

É verdade com ou sem alegada probabilidade de ser mentira que Helton Leite, não escolhido por Jorge Jesus mas imposto por Paulo Gonçalves, chegou ao Benfica já lesionado e ainda assim conseguiu passar nos testes médicos? 

Não podemos continuar a permitir e alimentar o desgoverno de uma direcção atrofiada e manietada constantemente por implícitas suspeições e explícitas desconfianças, que só envergonham o Benfica e os Benfiquistas. 

LFV tem os sapatos apertados e com muitas pedras por remover, tal é o cardápio de ofensas e provocações feitas ao Benfica, que o tornam definitivamente indigno de continuar a representar o nosso clube. 

Não faltarão detalhes à catedral de Versalhes nem certamente faltarão boas razões e argumentos para voltarmos a colocar o Benfica no seu devido lugar: em primeiro! 

Amo-te, Benfica! José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

0 comentários

Apoio de:


Mensagens populares

Benfica, um novo rumo

O regresso de Jorge Jesus ao Benfica deveu-se a critérios não desportivos. A forte oposição que se perfilava para as eleições de 2020 a Filipe Vieira impunha uma aposta mobilizadora dos sócios.

Vieira pôs o Benfica na sargeta!

Desde há um ano que me afastei das "coisas do Benfica".  Até  devolvi o meu cartão de sócio por não me rever no que era o Benfica do vigarista Vieira;  logo eu, que era (e sou, basta ir lá levanta-lo...) sócio de 4 dígitos, qualquer coisa como 6 mil e picos.

FC Porto: Suspeitos de manipulação de resultados

Dirigentes do FC Porto são também suspeitos de manipulação de resultados. 15 jogadores envolvidos no esquema que envolverá Pinto da Costa. Fundos desviados da SAD do FC Porto terão também servido para financiar a alegada manipulação de resultados desportivos e actividades de dirigentes dos Super Dragões.

AS eleições no BENFICA foram uma fraude!

HOJE não existe BENFIQUISMO, existem interesses instalados, cujo cancro é LFV, agrilhoado ao poder por forças ocultas e de interesses materialistas, que pouco tem a ver com o BENFICA, o futebol conta pouco, aliás LFV nem gosta muito de bola, tal como os americanos do Manchester United, vai chegar o dia da revolta, pois tudo tem o seu tempo, nas última ELEIÇÕES os sócios tiveram essa oportunidade,