Em Defesa do Glorioso
Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

ABRAM OS OLHOS!

JOSE VIEIRA 24 Outubro, 2018 09:14

A fraqueza na Europa tornou-se permanente a partir de 1994, ano que Manuel Damásio, um dos piores Presidentes do Benfica de sempre, contratou Artur Jorge e este desatou a comprar estivadores em vez de jogadores de futebol ...

Esta fraqueza não começou, pois, com LFV, era já anterior.
Em todo o caso, 2 anos a chefiar o futebol de Manuel Vilarinho e 15 como Presidente (17 anos ...) seriam mais do que suficientes para recuperar o Benfica europeu, que ao tempo em que LFV iniciou funções não estava assim tão longe.

Porém, e ao contrário do que fazem crer a propaganda do regime e um largo número de associados perfeitamente tapados da razão, LFV nunca revelou a menor apetência para tornar o Benfica competitivo.

Durante toda a primeira década deste século (com excepção do último ano) o Porto foi ganhando internamente, enquanto internacionalmente (e internamente ...) o Benfica não existia.

Nos anos dourados do investimento em jogadores, os de JJ, quando os an…

Pergunto outra vez, em que é que se tornou o Benfica ?

Padre Emmanuel Piriquito 08 Novembro, 2018 13:38 

Tenho-me questionado, não agora mas há já algum tempo, se vale a pena continuar a ser sócio do Benfica.
O que às vezes me impede de deixar de pagar quotas, é o emblema que já recebi e os quase 30 anos que levo de associado.
Mas pagar quotas para quê ? O Benfica já não precisa dos meus 12 euros para nada.

Quanto aos jogos, há mais de 8 anos que não vou à Luz. O último jogo que assisti na Luz foi no tempo do Jesus, contra o Everton para a Liga Europa em que ganhámos 5-0.

Às assembleias não vou, logo, não voto nem sou tido nem achado no que quer que seja. O Benfica, como muitos outros clubes, evoluiu para sociedade anónima desportiva, com uma equipa de gestão em que muitos deles, nada têm a ver com o Benfica nem sentem nada pelo Clube.

O valor da quotização encaixado pelo Benfica tem uma importância residual no orçamento do Clube. Hoje as fontes de receitas são outras, mais relevantes e generosas.

Pergunto vezes sem conta a mim mesmo : …

Depoimento de um sofredor de Braga

Um tertuliano que andava "desaparecido" escreveu isto;

--------------

Esta parece ser uma semana de "regressos"...
Eu próprio, que sempre leio as vossas mensagens com toda a atenção e carinho, também tenho andado arredado destas andanças (nem no Facebook perco tempo…) porque, tal como o Pedro referiu, há coisas MUITO mais importantes na vida que 11 artistas pagos a peso de ouro a correr atrás de uma bola…que no fim nem sabem quem nós somos

Aliás, estes últimos 2 anos ajudaram-me a compreender isso em toda a sua plenitude, como muitas vezes desperdiçamos a nossa energia em coisa que não valem a pena e depois as coisas más acabam por acontecer…e nós perguntamos porquê…

Atenção, continuo a acompanhar o nosso Glorioso, chateio-me ou alegro-me durante os jogos, mando dois berros mas mal o apito pro final do jogo se faz ouvir, desligo totalmente a ficha do futebol, é automático, já nem faço grande esforço, pura e simplesmente o que se passa com aquela gente é-me completa…

Jesus vem sempre no Natal, todos os anos.

O assunto do momento, para além dos habituais na justiça, é o possível regresso do "Mestre da Táctica" ao Glorioso já no Natal.

Vai dar galo!

E não é da missa do galo que antecede o dia de Natal a que me refiro, mas sim do ainda mais fraccionamento da família Benfiquista, se essa consoada e filhoses com salmonelas for avante!

Como se já não tivéssemos sarna em demasia para nos coçarmos, ainda temos que levar com este problema que não junta, não une e só divide?

Aquela entrevista com o Boaventura vir a céu aberto, afinal, não era por acaso, era só o primeiro acto da novela.

Jesus no Benfica? Mas estarei a ouvir e a ler bem, ou terei que nascer mais 10 vezes?

E a piada, é que tenho duas canetas de ouro (de quem sou o fã) Redmoon e Benfica Eagle que escrevem no NGB, já preparados com bandeiras, cachecóis e devidamente agasalhados para o irem esperar ao aeroporto!

Mas, no mundo dos treinadores do futebol não há mais ninguém a não ser o Jesus? Que passou se? Morreram todos?

Se es…

DÁ CÁ MAIS QUINZE!

Enquanto o Jornal do Benfica fazia capa com seu adorado líder e o título “dá cá mais quinze”, a equipa de futebol perdia em pleno Estádio da Luz, com o modesto Moreirense, com todos os sócios e adeptos revoltados e desgostosos com mais uma exibição confrangedora, e com vontade de gritar bem alto nas orelhas de LFV, “toma lá mais três”.

O tal grande líder, tão aplaudido e vangloriado pelos seus súbditos, ainda só ganhou praticamente um terço dos campeonatos durante a sua vigência, e mesmo assim, com este saldo negativo e ridículo, há por aí muitos lambe-botas que conseguem desencantar motivos para o bajular e elogiar.

Já se percebeu, tal como eu tinha avisado, que esta do campeonato da reconquista, não passava de um slogan de rodapé, sem qualquer conteúdo ou substância, apenas uma mera propaganda da militância Vieirista, e o pecúlio de quatro campeonatos ganhos em catadupa estão-se rapidamente a esfumar no segundo consecutivo que se vai perder, com toda a certeza, pelo andar desengonça…

Que passou se de novo?

E agora?
Bem, agora há que levantar a cabeça...e seguir em frente!

Perdemos os dois últimos jogos para a reconquista (?) mas convém lembrar-vos que perdemos com duas super potências do futebol mundial...que até equiparam de azul.

Se a ideia é ficar no meio da tabela, até que nem estamos muito mal.

CARREGA BENFICA!!!

Penta? Qual penta?

Retirei este Salmo do NGB, que reproduzo com a devida vénia.
Apenas num ponto discordo com o José Reis. Não é do meu agrado uma "assembleia destitutiva"

O PENTA NUNCA FOI PRIORIDADE
E RUI VITÓRIA NUNCA FOI O TREINADOR DE PROJECTO NENHUM!

Esta conversa telefónica, entre o presidente Ventoinha e o César Boaventura, provou à saciedade, se alguma dúvida houvesse sobre isso, que LFV queria despachar, em correio azul, o treinador Rui Vitória, num momento em que o Benfica ainda estava na luta pelo título, e perante isto, podemos afirmar com total garantia, de que o penta foi perdido propositadamente, como aliás, já se desconfiava.
Rui Vitória foi sempre enganado desde o dia em que chegou ao Benfica e já percebeu que vive rodeado de inimigos ou de falsos amigos, e finalmente já começou a juntar as pontas soltas, quando há dias afirmou que sabia que havia por aí muita gente que gosta de dar palmadinhas nas costas, mas que depois, após as derrotas não se dignam aparecer nas conferências d…