Avançar para o conteúdo principal

Como sócio do SLB desde Julho de 1979

Exigir VITÓRIAS, mas NUNCA descurando a gestão e as verdadeiras intenções daqueles a quem com o nosso voto delegamos a condução desses objetivos.

 
Como sócio do SLB desde julho de 1979 mas, que não cristalizei no tempo, quase sempre que tenho tempo leio os comentários que são postos neste blog, mas confesso que com tanta pobreza de espírito, incluindo insultos uns aos outros quando não concordam com opiniões diferentes ditas com elevação, a paciência começa a esgotar-se por temer que, aqueles que na sua boa fé, utilizam este blog como um meio de veicularem as suas opiniões, sejam na forma de desabafos de mera frustração, sejam na forma de intuitos construtivos, às duas por três levam com autênticos mentecaptos, a quem alguns deixo até a sugestão de antes para aqui escrevinharem, aprenderem primeiro Português com os nossos emigrantes UCRANIANOS. Não custa nada, é só ouvi-los falar e vê-los a escrever a nossa Língua.

Tudo isto para dizer que, desde há algum tempo, pus uma condição a mim próprio que é a de comentar apenas as apreciações/reflexões, que reconheço serem construtivas, como é o caso da “aguia preocupada” (07 maio, 2022 - 21:41) em que, à exceção da sua opinião sobre o treinador alemão (Roger Schmidt) que se prefigura para ser o próximo treinador da nossa equipa principal e, que quero crer possa vir a ser uma pedrara no charco, já que está liberto dos “votos de fidelidade” dos que vêm das camadas jovens onde ganhavam “tostões” e com a promoção à equipa principal passam a ganhar de repente, não direi “milhões”, mas sim o dobro ou triplo, o que imediatamente lhe retira qualquer poder reivindicativo, com medo que a Direção lhes retire o tapete e os recambiem de novo à procedência.

À exceção deste comentário, dizia eu, concordo com tudo o resto, nomeadamente sobre o que ele diz acerca da atitude que os nossos “vizinhos” da 2ª Circular tomaram quando não se deixaram embalar com os cânticos de sereia do alienado que tiveram à frente do seu Clube e quando se aperceberam da qualidade do “artista”, o afastaram, não só da presidência, como até de sócio, sendo que para isso não foi preciso esperarem 17 anos para o fazerem.

E quanto aos associados do nosso Clube? Ainda dou de barato que ao princípio, muitos não soubessem ou tivesse tido o trabalho em saber as “qualidades” daquele senhor, que teve que aguardar três anos na “Lista de espera” do Vilarinho, para se poder candidatar à presidência, já que não tinha o número mínimo de anos na altura exigido e que, penso que eram cinco anos. Mas assim que se apanhou no poleiro, começou logo a trabalhar para se manter “ad eternum” naquele lugar e foi assim que entre outras coisas, em 2010, com o apoio unânime dos sócios cegos pelo Chefe, se alterou os Estatutos definindo, desde então o ponto 2 do artigo 61.º, que "o presidente da Direção terá obrigatoriamente pelo menos 25 anos ininterruptos como sócio efetivo, concomitantes com a data da eleição", ou seja, para um indivíduo tão Benfiquista, tão Benfiquista, mas que antes de ser sócio do seu “CLUBE DE CORAÇÃO” - deixem-me rir -, foi sócio do Sporting e do Porto, e se passeava ao lado do Presidente daquele Clube e se deixava fotografar, sem qualquer hesitação, francamente, será que os sócio estavam mesmo cegos. Certamente até estavam, porque senão não lhe teriam dado maiorias esmagadoras em TODAS as eleições a que concorreu, nomeadamente em:

- 2003-2006 com 90,47% (opositor JAIME ANTUNES); 
- 2006-2009 com 95,60% (sem oposição);
- 2009-2012 com 91,474% (opositor BRUNO COSTA CARVALHO);
- 2012-2016 com 83,02% (opositor RUI RANGEL);
- 2016-2020 com 95,52% (sem oposição);
- 2020-2021 com 62,549% (opositor JOÃO NORONHA LOPES).

Nota: Em 2009, surgem como oposição JOSÉ VARANDAS FERNANDES; JOSÉ VEIGA; RUI RANGEL; FERNANDES TAVARES; JOSÉ EDUARDO MONIZ;

Tudo isto os sócios compraram e aceitaram passivamente e como se tal não bastasse, também não se interrogaram o que moveu aquele senhor a levar para o seu lado (cargos diretivos) muitos daqueles que duma forma oportunista se apresentaram como seus opositores, como foram os casos do JAIME ANTUNES, JOSÉ VARANDAS FERNANDES, JOSÉ EDUARDO MONIZ e RUI RANGEL, já que não tiveram qualquer pejo ou hesitação em aceitaram com uma bondade canina, os lugares e cargos que lhes foram propostos/oferecidos. Será que esta distribuição de tanta “bondade”, também não chamou à atenção dos sócios? Será que nenhum sócio, com o comportamento destes visados, nunca pôs a hipótese do que eles verdadeiramente pretendiam era protagonismo e “tachos” e, não a defesa intransigente dos direitos e da projeção do Clube?

É tudo isto que nós sócios que, verdadeiramente vivemos o Clube e queremos que o mesmo seja na realidade, um Clube líder e vencedor, devemos refletir. Exigir VITÓRIAS - certamente, pois só estas que projetam o nome do nosso Clube -, mas NUNCA descurando a gestão e as verdadeiras intenções daqueles a quem com o nosso voto delegamos a condução desses objetivos.

Como hoje já escrevi mais do que aquilo que pretendia, mas que por dever não me pude furtar, queria terminar apenas com uma observação/pergunta;

Por acaso viram, mas viram mesmo, como é que os nossos vizinhos ali do lado, lidaram/estão lidando com o caso da sua “estrela” Islam Slimani? E, já agora, também se lembram da forma da condução do processo, num caso em muito semelhante - destabilização do balneário -, que se passou no nosso Club. na época que está findando? É por estas e por outras que a tal mística que TODOS os nossos jogadores deveriam de ter, parece ter-se deslocado lá para o Norte, onde não os deixam brincar em serviço. E se na nossa casa, essa mística se perdeu? A quem se deve?

Ao sócio “Zé Anónimo” que para aqui esconjura as suas frustrações? Não. Muitos destes apenas estão preocupados é com o custo de vida em que para o colmatar, depois não se ensaiam nada em vender os seus “Red Pass” aos Andrades. Meus Deus a que miséria chegámos... Os verdadeiros responsáveis da perda de mística, são os dirigentes do Clube, mas a quem também não se pode exigir responsabilidades, pela simples razão que, a maioria deles, também não sabe o que isso é.

BENFICA SEMPRE

Rui Gonçalves 
NGB - 08 Maio, 2022.
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

2 comentários

  1. REVOLTA DOS BENFIQUISTAS

    O problema não são os verdadeiros Benfiquistas, independentemente dos seus pontos de vista, das suas perspectivas, das suas opiniões, o problema foram os infiltrados, cavalo de tróia,  que minaram o GLORIOSO, o dono do palheiro, a quem o BES perdoou dívidas de mais de 160 milhões, uma personagem a quem só o dinheiro em seu benefício interessava, um oportunista que odiava os BENFIQUISTAS. O RC, é Benfiquista, assim como o RGS, o Noronha, o Mattamouros,o Bernardo Silva, o Mauro,  o Shadows, muitos outros e os aqui escrevem, por todos tenho um enorme respeito, o único que me tira , ou melhor tirava do sério era o aldrabão que já lá não está o que é positivo. O RC, foi um atleta de excelência, é Benfiquista e sente o Benfica., o outro nem aos jogos ía o vigarista, o Rui, vai a quase todos, futebol, modalidades, aí tem estado bem. Quanto à parte económica aí é o seu calcanhar de aquiles, não tendo preparação na área, nem tinha que ter, mas é importante saber rodear-se de gente séria e competente e depois decidir. Optou por deixar lá o DSO, um contabilista, que tem aquilo na sua mão, com muitos anos de vícios, que se limita a ter a mão na massa, fazer relatórios de contas e manter o negócio como estava, isto é, cuja base são as vendas de jogadores e distribuição de comissões. Não havendo qualquer outra perspectiva de negócio, ou seja procurar ouras receitas, se necessário com parcerias internacionais, nomeadamente com a amazon, nike, adidas, alibaba, e outras, existindo muitas oportunidades alternativas que podem ser trabalhadas, discutindo ideias, e criando condições para a marca BENFICA ser, já é:mundial, mas não ainda explorada em determinadas áreas.Por isso RC, não pode fazer tudo sózinho, é imperativo rodear-se de verdadeiros Benfiquistas, internamente criando equipas de trabalho, delegando, supervisionando e decidindo, externamente propondo nomes para a LIGA, FPF e ARBITRAGEM, sem andar a reboque como andou estes anos todos o dono do palheiro ,dos nomes propostos pelos CORRUPTOS, por isso as coisas estão HOJE como estão, pelo que unidos os Benfiquistas, depois de divididos com infiltrados, falhámos o PENTA para salvarmos os CORRUPTOS., exteriormente combatidos com ódio, é altura de nos superarmos dos traumas e nos tornarmos mais fortes, tendo consciência que não basta mudar de treinador, jogadores, é preciso mudarmos as pessoas na estrutura CORRUPTA do FUTEBOL português, antes disso e no imediato, podemos começar, por propôr, protocolos com outras ligas, nomeadamente: Finlandesa, Noruega, Suécia, Suiça, e outras para termos ÁRBITROS e VAR, estrangeiros no próximo ano a arbitrar em portugal, e os nossos a arbitrarem fora, assim sendo um primeiro passo, creio que as coisas poderão melhorar um pouco,e deixarmos de ter a roubalheira que foi este ano.

    ResponderEliminar
  2. 1-Despedir DSO, desde o episódio da boda, que já devia ter guia de marcha, existem Benfiquistas mais que competentes para essa função. Cometeste um erro ao elevá-lo a um estatuto que nunca deveria ter. Ninguém votou nele, votaram em ti. As declarações dele, devem ser limitadas, pode falar do que entender para os media, mas não da entidade que lhe paga o salário, e os casamentos dos descendentes.

    2- Retirar do Seixal, todos os que não sejam adeptos do SLB. Todos. Se somos 6 milhões, não falta gente capaz que tenha o clube no coração. Pode não fazer sentido para muitos, para mim e para o saudoso 3º anel, faz toda a diferença.
    3- Despedir Pedro Pinto, é uma jóia de pessoa, mas não serve para o lugar que ocupa. Não podemos ter cordeiros a lidar com cães raivosos. Contratar alguém com características necessárias para a dita função, que proteja o grupo, e o clube a uma só voz.
    4 – Pedir a todos os adeptos e simpatizantes do SLB que evitem participar em programas televisivos dos operadores portugueses. O SLB deve retirar-se totalmente desse meio inquinado e lodoso. Os órgãos de comunicação oficial do Clube, são a BTV, o nosso jornal, e a rádio. A comunicação deve ser feita a partir desses meios, exclusivamente. Nada de entrevistas, exclusivos, nada, nos jornais e programas que nada mais fizeram que enxovalhar o Clube e passar desinformação.
    5 - Quebrar relações com liga e fpf e exigir demissões. Auscultar junto da UEFA a possibilidade de aderir a outra Liga. Antes em condições de igualdade numa Liga de gigantes, que bombo da festa numa liga de anões e corruptos. Levar esta questão a AG, e aferir esta possibilidade. O futebol português tem metástases, a única forma de salvar o corpo do nosso Clube, é retirá-lo daqui. É uma pena de facto.
    6 - Não centralizar direitos televisivos, nem tomar postura alguma que nivele artificialmente, como foi feito nos contractos televisivos, clubes de diferente dimensão. É inadmissível dar a mão a quem nos tem feito tanto mal. Isto não é arrogância ou mania de grandeza. Enquanto o SLB ainda tiver a dimensão que tem, não deve dar de comer aos já citados inimigos.
    7 - Exigir controlo antidoping em todos os jogos.
    8 - Árbitros estrangeiros, com sorteio, e corte de relações com a arbitragem ‘nacional’. Pedir à UEFA o sorteio dos árbitros, por virtude de viciação sistemática de resultados.
    9 -VAR com áudios públicos.

    10 - Não emprestar jogadores em Portugal, e não comprar jogadores a clubes portugueses. Articular com as casas do SLB, a visualização de jogos, fora dos estádios por este país fora, de forma a não alimentar quem tanto mal recebe e trata os Benfiquistas. Não podemos alimentar todos estes clubes com alianças claras, todas estas instituições, onde a maioria dos intervenientes é de fora ou de Lisboa, ou de toda a região Sul. Não é uma curiosidade, é um facto.
    Emprestar ou ceder jogadores a clubes portugueses, apenas alimenta esta subserviência a interesses que prejudicam o desejo de igualdade de tratamento para com o SLB. Além de que motiva os que não tiverem oportunidade de singrar na equipa principal, a fazerem as exibições da sua vida contra o Clube que os formou.
    11- Aferir da possibilidade improvável, de cotar o SLB noutra bolsa que não a portuguesa. Perante os casos de violação de correspondência electrónica, acesso a documentação sigilosa, relatórios de jogadores do scouting, perdões de vmocs, a CMVM nada fez em relação a este tipo de favorecimento, em detrimento do nosso Clube.
    12- Exposição à UEFA destes últimos anos e contestar campeonatos e concorrência desleal. Como é possível que certos clubes não desçam de divisão como está estatutariamente definido, por causa de recurso a tribunais não previstos nas vias processuais habituais? Como é possível haver agressões sistemáticas e repetidas, a jornalistas, staff do nosso clube, jogadores e dirigentes, sempre que há deslocações a certos estádios? Como é possível nada acontecer, nada mudar, em 2022, continuamos a ver a mesma barbárie que nos anos 90.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não