Avançar para o conteúdo principal

AMAR E SALVAR O BENFICA NÃO PASSAVA PELA REELEIÇÃO DE LFV!

Não adianta tentar agarrar o vento com as mãos ou tapar o sol com a peneira, para de alguma forma esconder ou escamotear a grave crise de identificação e afirmação por que passa hoje o Benfica. 

Esta catrefada de demissões e alterações que se verificam no clube, como as saídas de Tiago Pinto, Luís Bernardo, Renato Paiva, Luís Andrade e José Nuno Martins, além de tardias, mostram bem a podridão e a bandalheira que grassa no interior do Benfica, a ponto de se achar como quase inevitável, tal como as coisas estão a correr mal, que LFV não cumpra o seu mandato e que Jorge Jesus não conclua o seu contrato. 

Mudar as moscas só por mudar e a porcaria nauseabunda continuar a mesma, não é solução de coisa nenhuma, até porque, as varejeiras larvares, como LFV, DSO, Rui Costa, Jorge Jesus ou Pedro Mil-Homens, continuam por cá a atazanar a vida e a higienização do Benfica e a aumentar a chafurdice imunda em que o transformaram. 

Com 10 anos à frente (como eles dizem) e 100 milhões de euros depois (como eles esbanjaram), o Benfica ainda consegue estar pior do que se poderia imaginar. 

O Benfica actual passou a ter chulos interesseiros a tempo inteiro e avençados vendidos em part-time, e ainda se atropelam e atrapalham, uns aos outros, quando se voluntariam para fazer umas horas extras de repetidos erros e disparates. 

E quem atrofia e desprestigia o Benfica desta forma tão leviana e irresponsável, só pode merecer da parte dos verdadeiros Benfiquistas a mais veemente repulsa e contestação. 

O passado glorioso que o Benfica construiu na Europa e no Mundo, está hoje fechado e empoeirado no baú das boas memórias e recordações, por esquecimento e abandono, por incúria e laxismo, de um presidente vergonhosamente incompetente, sem qualquer ambição e visão de futuro, desbaratando todo o manancial desportivo adquirido, conseguido e alcançado pela aura esforçada e abnegada de uma saudosa mística, entretanto trocada e substituída pela falácia e fanfarronice de uma suposta hegemonia doméstica, que não se vê nem se sente. 

O Benfica, por capricho e teimosia de um presidente desvairado e desesperado, que temia pelo falhanço da sua reeleição, apostou todas as fichas num treinador recauchutado e desgastado, que só uma fronda mediática servil e alinhada achou por bem dar-lhe cobertura e protagonismo, querendo dele fazer, ainda hoje, um salvador de todo improvável, neste seu regresso de todo injustificável ao Benfica. 

Com estra tríade de traidores, como são LFV, Rui Costa e Jorge Jesus, o Benfica só vai ser pentacampeão, mas é dos campeonatos perdidos e oferecidos. 

A sobranceria, como sói dizer-se, come-se ao almoço e arrota-se ao jantar, e da mesma forma que ao homem que faz a recolha do lixo não adianta usar água de colónia, também a LFV não basta parecer sério e honesto, porque são dois predicados que certamente não tem e habitualmente não usa. 

Um famoso enólogo costumava dizer que tínhamos de salvar a terra, porque é o único planeta que tem vinho, como do mesmo modo, nunca devemos permitir que se banalize a centenária cultura de exigência e de vitória do Benfica e nem se ouse ofender todos aqueles que por elas engrandeceram o seu nome e a sua história. 

Então salvemos o Benfica, essa maravilhosa invenção que nos deixou Cosme Damião, como o único clube capaz de ter Eusébio e Coluna, Borges Coutinho e Jorge de Brito, Artur Semedo e João Maria Tudela, e de milhões de adeptos espalhados pelo mundo como um elo de ligação intrínseca da chama imensa da nossa portugalidade. 

Amo-te, Benfica! 
 José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

2 comentários

  1. Terminado o 1º terço do campeonato, em 2020/21 em apenas 11 jornadas, o FCP já leva uma vantagem de 7 penaltis em relação ao SLB!
    Historicamente a máxima diferença entre o F. C. Porto e o Benfica num campeonato inteiro, foram 6 penaltis de vantagem para o F. C. Porto e nas 2 épocas em que aconteceram essas 2 enormes diferenças (2008/09 e 2019/20), o F. C. Porto aproveitou sempre essa enorme vantagem arbitral para se sagrar campeão. Estatisticamente fica evidente que, construir uma diferença de 6 penaltis entre o F. C. Porto e o Benfica, é a melhor forma do C. A. garantir qual das 2 equipas será campeão no final da época! Quem é que quer assistir um campeonato em que em 11 jogos existe uma diferença de 7 penaltis entre o 1º e o 10º ou pior entre os 2 principais candidatos ao titulo?

    Os Benfiquistas sabem porque a MDCSDQT ataca ferozmente o treinador mais titulado da história do Benfica.
    O facto de Jorge Jesus mesmo nestas condições arbitrais tão adversas, ainda assim conseguir fazer melhor que o F. C. Porto, é um sinal evidente que não estamos perante um treinador fraco/resignado, pois o Benfica com um treinador resignado já estaria com uma desvantagem de pelo menos 7 golos para o F. C. Porto, tamanha diferença definida só pelo efeito direto do elenco do Fontelas Gomes.

    Vejam informações detalhadas sofre a enorme diferença arbitral existente na Liga Portuguesa entre os 2 principais candidatos ao titulo em http://influenciaarbitral.blogs

    ResponderEliminar
  2. Terminado o 1º terço do campeonato, em 2020/21 em apenas 11 jornadas, o FCP já leva uma vantagem de 7 penaltis em relação ao SLB!
    Historicamente a máxima diferença entre o F. C. Porto e o Benfica num campeonato inteiro, foram 6 penaltis de vantagem para o F. C. Porto e nas 2 épocas em que aconteceram essas 2 enormes diferenças (2008/09 e 2019/20), o F. C. Porto aproveitou sempre essa enorme vantagem arbitral para se sagrar campeão. Estatisticamente fica evidente que, construir uma diferença de 6 penaltis entre o F. C. Porto e o Benfica, é a melhor forma do C. A. garantir qual das 2 equipas será campeão no final da época! Quem é que quer assistir um campeonato em que em 11 jogos existe uma diferença de 7 penaltis entre o 1º e o 10º ou pior entre os 2 principais candidatos ao titulo?

    Os Benfiquistas sabem porque a MDCSDQT ataca ferozmente o treinador mais titulado da história do Benfica.
    O facto de Jorge Jesus mesmo nestas condições arbitrais tão adversas, ainda assim conseguir fazer melhor que o F. C. Porto, é um sinal evidente que não estamos perante um treinador fraco/resignado, pois o Benfica com um treinador resignado já estaria com uma desvantagem de pelo menos 7 golos para o F. C. Porto, tamanha diferença definida só pelo efeito direto do elenco do Fontelas Gomes.

    Vejam informações detalhadas sofre a enorme diferença arbitral existente na Liga Portuguesa entre os 2 principais candidatos ao titulo em http://influenciaarbitral.blogs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário



Mensagens populares

Este é o Benfica atual

O mal do Benfica é geral, é uma doença que atravessa todo o clube.  Reparemos: apesar de um orçamento global muito avultado para o país que somos, temos a seguinte situação:  - futebol masculino: perdemos vergonhosamente o campeonato e a Taça de 2020; estamos em terceiro lugar, a 4 pontos do primeiro, com duas derrotas vergonhosas nos dois últimos jogos; da Europa, nem vale falar; 

Limpinho, limpinho...

Barcelona sem Messi e na falência, foi esta noite uma pera doce para o Benfica que fez tudo para merecer esta gorda vitória e um passo gigante para a passagem na Champions, o que vem a dar mais uns milhares para os depauperados cofres do clube !!!

Exmo. Sr. Luís Filipe Vieira

Seguindo-lhe os passos vou enviar-lhe esta carta, não para me queixar de arbitragens, de falta de penaltis, de escassez de golos, de Covid, de escorregões e de outras desculpas esfarrapadas e escarrapachadas  ao estilo rasca de uma qualquer banda desenhada de vão de escada, num dos valores que em tempos a sua leitura elevava o Benfica e orgulhava os benfiquistas – o jornal “O Benfica”.  

Saia mais uma dose de batatas para o Celestino Mouco...

Esta prosa é apenas para um ex-amigo que tive a desdita de conhecer na minha terra natal, ( há horas do diabo...)  fanático do Vieira e do oxigenado que normalmente anda sempre a cheirar-me o rabo.  A cada traque mal cheiroso que dou, toma-o como se Chanel nr. 5 se tratasse.  Caro Celestino Mouco; há dias entraste no meu quintal e zurravas para que eu falasse das 3 batatas que o clube do jorge jesus deu ao Belenenses mas, esta noite, o teu vieira enfardou mais um saco de batatas  em Alvalixo.  O que te  valeu dares 3 batatas ao Belenenses? Bastava 1 batata e guardava 2 batatas para esta noite!  Estamos agora a 9 sacos de batatas atrás do Sportém.  É muita batata, mas espera que por este andar, o batatal do teu vieira vai bater este ano o record da safra de batatas!!! Também estamos a 5 sacos de batatas de distância do Porto, quer dizer que o batatal do teu ídolo está batatando!!! Para chegar ao TITALO, é necessário recuperar 14 toneladas de batatas!  É muita batata para a pequena camio

Síndrome de Estocolmo

Os sócios do Benfica sofrem do Síndrome de Estocolmo, por isso lfv pode fazer ao Benfica o que fez ao Alverca ( Acabou com o clube) que a maioria Benfiquista continuaria apoiar e a defender vieira com toda a garra.  Brevemente seremos um Salgueiros, um Estrela da Amadora, um Alverca.