Avançar para o conteúdo principal

AMAR E SALVAR O BENFICA NÃO PASSAVA PELA REELEIÇÃO DE LFV!

Não adianta tentar agarrar o vento com as mãos ou tapar o sol com a peneira, para de alguma forma esconder ou escamotear a grave crise de identificação e afirmação por que passa hoje o Benfica. 

Esta catrefada de demissões e alterações que se verificam no clube, como as saídas de Tiago Pinto, Luís Bernardo, Renato Paiva, Luís Andrade e José Nuno Martins, além de tardias, mostram bem a podridão e a bandalheira que grassa no interior do Benfica, a ponto de se achar como quase inevitável, tal como as coisas estão a correr mal, que LFV não cumpra o seu mandato e que Jorge Jesus não conclua o seu contrato. 

Mudar as moscas só por mudar e a porcaria nauseabunda continuar a mesma, não é solução de coisa nenhuma, até porque, as varejeiras larvares, como LFV, DSO, Rui Costa, Jorge Jesus ou Pedro Mil-Homens, continuam por cá a atazanar a vida e a higienização do Benfica e a aumentar a chafurdice imunda em que o transformaram. 

Com 10 anos à frente (como eles dizem) e 100 milhões de euros depois (como eles esbanjaram), o Benfica ainda consegue estar pior do que se poderia imaginar. 

O Benfica actual passou a ter chulos interesseiros a tempo inteiro e avençados vendidos em part-time, e ainda se atropelam e atrapalham, uns aos outros, quando se voluntariam para fazer umas horas extras de repetidos erros e disparates. 

E quem atrofia e desprestigia o Benfica desta forma tão leviana e irresponsável, só pode merecer da parte dos verdadeiros Benfiquistas a mais veemente repulsa e contestação. 

O passado glorioso que o Benfica construiu na Europa e no Mundo, está hoje fechado e empoeirado no baú das boas memórias e recordações, por esquecimento e abandono, por incúria e laxismo, de um presidente vergonhosamente incompetente, sem qualquer ambição e visão de futuro, desbaratando todo o manancial desportivo adquirido, conseguido e alcançado pela aura esforçada e abnegada de uma saudosa mística, entretanto trocada e substituída pela falácia e fanfarronice de uma suposta hegemonia doméstica, que não se vê nem se sente. 

O Benfica, por capricho e teimosia de um presidente desvairado e desesperado, que temia pelo falhanço da sua reeleição, apostou todas as fichas num treinador recauchutado e desgastado, que só uma fronda mediática servil e alinhada achou por bem dar-lhe cobertura e protagonismo, querendo dele fazer, ainda hoje, um salvador de todo improvável, neste seu regresso de todo injustificável ao Benfica. 

Com estra tríade de traidores, como são LFV, Rui Costa e Jorge Jesus, o Benfica só vai ser pentacampeão, mas é dos campeonatos perdidos e oferecidos. 

A sobranceria, como sói dizer-se, come-se ao almoço e arrota-se ao jantar, e da mesma forma que ao homem que faz a recolha do lixo não adianta usar água de colónia, também a LFV não basta parecer sério e honesto, porque são dois predicados que certamente não tem e habitualmente não usa. 

Um famoso enólogo costumava dizer que tínhamos de salvar a terra, porque é o único planeta que tem vinho, como do mesmo modo, nunca devemos permitir que se banalize a centenária cultura de exigência e de vitória do Benfica e nem se ouse ofender todos aqueles que por elas engrandeceram o seu nome e a sua história. 

Então salvemos o Benfica, essa maravilhosa invenção que nos deixou Cosme Damião, como o único clube capaz de ter Eusébio e Coluna, Borges Coutinho e Jorge de Brito, Artur Semedo e João Maria Tudela, e de milhões de adeptos espalhados pelo mundo como um elo de ligação intrínseca da chama imensa da nossa portugalidade. 

Amo-te, Benfica! 
 José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

2 comentários

  1. Terminado o 1º terço do campeonato, em 2020/21 em apenas 11 jornadas, o FCP já leva uma vantagem de 7 penaltis em relação ao SLB!
    Historicamente a máxima diferença entre o F. C. Porto e o Benfica num campeonato inteiro, foram 6 penaltis de vantagem para o F. C. Porto e nas 2 épocas em que aconteceram essas 2 enormes diferenças (2008/09 e 2019/20), o F. C. Porto aproveitou sempre essa enorme vantagem arbitral para se sagrar campeão. Estatisticamente fica evidente que, construir uma diferença de 6 penaltis entre o F. C. Porto e o Benfica, é a melhor forma do C. A. garantir qual das 2 equipas será campeão no final da época! Quem é que quer assistir um campeonato em que em 11 jogos existe uma diferença de 7 penaltis entre o 1º e o 10º ou pior entre os 2 principais candidatos ao titulo?

    Os Benfiquistas sabem porque a MDCSDQT ataca ferozmente o treinador mais titulado da história do Benfica.
    O facto de Jorge Jesus mesmo nestas condições arbitrais tão adversas, ainda assim conseguir fazer melhor que o F. C. Porto, é um sinal evidente que não estamos perante um treinador fraco/resignado, pois o Benfica com um treinador resignado já estaria com uma desvantagem de pelo menos 7 golos para o F. C. Porto, tamanha diferença definida só pelo efeito direto do elenco do Fontelas Gomes.

    Vejam informações detalhadas sofre a enorme diferença arbitral existente na Liga Portuguesa entre os 2 principais candidatos ao titulo em http://influenciaarbitral.blogs

    ResponderEliminar
  2. Terminado o 1º terço do campeonato, em 2020/21 em apenas 11 jornadas, o FCP já leva uma vantagem de 7 penaltis em relação ao SLB!
    Historicamente a máxima diferença entre o F. C. Porto e o Benfica num campeonato inteiro, foram 6 penaltis de vantagem para o F. C. Porto e nas 2 épocas em que aconteceram essas 2 enormes diferenças (2008/09 e 2019/20), o F. C. Porto aproveitou sempre essa enorme vantagem arbitral para se sagrar campeão. Estatisticamente fica evidente que, construir uma diferença de 6 penaltis entre o F. C. Porto e o Benfica, é a melhor forma do C. A. garantir qual das 2 equipas será campeão no final da época! Quem é que quer assistir um campeonato em que em 11 jogos existe uma diferença de 7 penaltis entre o 1º e o 10º ou pior entre os 2 principais candidatos ao titulo?

    Os Benfiquistas sabem porque a MDCSDQT ataca ferozmente o treinador mais titulado da história do Benfica.
    O facto de Jorge Jesus mesmo nestas condições arbitrais tão adversas, ainda assim conseguir fazer melhor que o F. C. Porto, é um sinal evidente que não estamos perante um treinador fraco/resignado, pois o Benfica com um treinador resignado já estaria com uma desvantagem de pelo menos 7 golos para o F. C. Porto, tamanha diferença definida só pelo efeito direto do elenco do Fontelas Gomes.

    Vejam informações detalhadas sofre a enorme diferença arbitral existente na Liga Portuguesa entre os 2 principais candidatos ao titulo em http://influenciaarbitral.blogs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não