Avançar para o conteúdo principal

BAILES DE TRIVELAS E REMOQUES DE REPUGNÂNCIA!

Somos um país que vive de antecipação de receitas e só assim consegue funcionar, almejando deste modo precipitado dar-se sempre um passo maior que a perna, e por descuido e descontrolo da moderação hipotecamos habitualmente a observância de prazos futuros por excesso de ganância.

Os clubes fazem contratos “à la longue” com as operadoras televisivas sempre no pressuposto de poderem vir a receber por antecipação logo o quinhão todo.

Esta estratégia de desenrascanço só enfraquece o poder negocial dos clubes e deixa-os amarrados e subjugados, sem qualquer espaço de manobra, a critérios consentidos de dependência.

O mesmo ocorreu agora com a comunicação social, que já estava em maus lençóis ainda antes de surgir a pandemia, mas que agora ficou em estado de indigência e desespero totais, encontrando na antecipação das receitas da publicidade institucional - nunca se percebendo qual a justeza dos critérios e avaliações feitos para se chegar a estes valores concedidos - como a única forma de poderem sobreviver, mas claramente submetidos ao poder e influência do Estado, a quem agora devem obediência, e a prova disso foi já o afastamento político/clubístico de André Ventura da CMTV, uma voz incómoda que diz as verdades que outros não gostam de ouvir e não têm tomates para as assumir.

Porque sim, sr. primeiro-ministro, os ciganos, os negros e os refugiados, há que dizê-lo sem rodeios, representam um grave problema para Portugal, e bastaria apenas citar os exemplos ocorridos nos últimos dias, daqueles que vivem à conta de uma política assistencialista do rendimento social de inserção que promove a marginalidade e o parasitismo, e não é com bailes de trivelas que se fitam as faltas de argumentos, por(ventura) será quando se encaixam e engolem os remoques de repugnância rematados por um homólogo holandês.

E não querendo trazer a política para o futebol nem o futebol para a política, como alguns descaradamente tentam fazer pela estratégia da sonsice, já todos percebemos que a única finalidade e intenção de se querer misturar e caldear tudo, é no desejo de malhar forte e feio, ainda que por interpostas pessoas ou circunstâncias, no Benfica, o alvo sempre apetecível e preferível de toda a escumalha que chuta politiquice para o ar ou rasteira jornalixo para o chão.

Por cá e no futebol, convém esclarecer, de uma vez por todas, se LFV apoiou Pedro Proença para presidente da Liga porque foi o Joaquim Oliveira que lhe mandou, ou se agora lhe tira o tapete porque foram Fernando Gomes e a NOS que lhe pediram.

O próximo presidente da Liga, seja lá ele qual for, tem que ter sempre a bênção do papa azul, que nestas coisas de eleições para qualquer cargo para o decrépito futebol português é condição “sine que non” para que haja consensos.

A LFV caberá, como sempre, o papel de paspalho, que fica a assistir a tudo de fora e à distância, para depois aceitar de cruz qualquer imbecil que lá ponham, e que passa por estar comprometido com o “lobby” futebolístico do norte.

E a ser assim, é mais do mesmo, e deixará a Federação e a Liga novamente nas mãos e nos cálculos interesseiros dos mafiosos.

Com o divórcio já anunciado entre a Liga e a NOS, no que diz respeito a patrocínios, e com as possíveis reeleições do velho corrupto a norte e do tanso LFV a sul, e com a imprensa desportiva subsidiada pelo Estado, não se augura nada de bom para o futebol em Portugal, pois tudo vai permanecer na mesma, inclusive para esta Liga portuguesa cada vez mais desorganizada e desvalorizada, sendo mais que certo que venha a ser ultrapassada num futuro próximo pelas ligas holandesa, austríaca ou mesmo belga, pois vêm dando mostras e sinais de alguma organização e crescimento competitivo, sendo já hoje muito mais atraentes do ponto de vista de oferta de patrocínios.

É para ver se aprendem!

Amo-te, Benfica! José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

2 comentários

  1. Não considero populistas tipo André Ventura que dizem o que o povo insatisfeito quer ouvir mas se um dia chegassem "lá acima", não fariam porra nenhuma do que agora apregoam.
    Já quanto ao que o José Reis diz sobre pretos e ciganos, estou totalmente de acordo!
    Mas, como em tudo, há excepções!
    Nos pretos há e haverão muitas, nos ciganos, nem por isso!
    Porque ainda há muita gente de pele escura que se agarra ao trabalho como forma de ganhar a vida!
    E, quem os defende sem olhar ao que de mal fazem é porque não vive perto de nenhuma dessas comunidades e nunca sentiu o desconforto de se sentir estranho numa terra onde nasceu!
    Excelente texto, José Reis!

    ResponderEliminar
  2. "A LFV caberá, como sempre, o papel de paspalho"... de tanso. Esta figurinha é constantemente comido de cebolada, grunho com a mania que é esperto! Farto deste inoperante outorgar-se dono do clube. Não vive sem ele, da mama e dos mamões que promove. Há-se chegar o dia que o Benfica libertar-se-à das amarras deste sujeito que permitiu que se conspurcasse o sagrado nome do Benfica.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário



Mensagens populares

Este é o Benfica atual

O mal do Benfica é geral, é uma doença que atravessa todo o clube.  Reparemos: apesar de um orçamento global muito avultado para o país que somos, temos a seguinte situação:  - futebol masculino: perdemos vergonhosamente o campeonato e a Taça de 2020; estamos em terceiro lugar, a 4 pontos do primeiro, com duas derrotas vergonhosas nos dois últimos jogos; da Europa, nem vale falar; 

Limpinho, limpinho...

Barcelona sem Messi e na falência, foi esta noite uma pera doce para o Benfica que fez tudo para merecer esta gorda vitória e um passo gigante para a passagem na Champions, o que vem a dar mais uns milhares para os depauperados cofres do clube !!!

Exmo. Sr. Luís Filipe Vieira

Seguindo-lhe os passos vou enviar-lhe esta carta, não para me queixar de arbitragens, de falta de penaltis, de escassez de golos, de Covid, de escorregões e de outras desculpas esfarrapadas e escarrapachadas  ao estilo rasca de uma qualquer banda desenhada de vão de escada, num dos valores que em tempos a sua leitura elevava o Benfica e orgulhava os benfiquistas – o jornal “O Benfica”.  

Saia mais uma dose de batatas para o Celestino Mouco...

Esta prosa é apenas para um ex-amigo que tive a desdita de conhecer na minha terra natal, ( há horas do diabo...)  fanático do Vieira e do oxigenado que normalmente anda sempre a cheirar-me o rabo.  A cada traque mal cheiroso que dou, toma-o como se Chanel nr. 5 se tratasse.  Caro Celestino Mouco; há dias entraste no meu quintal e zurravas para que eu falasse das 3 batatas que o clube do jorge jesus deu ao Belenenses mas, esta noite, o teu vieira enfardou mais um saco de batatas  em Alvalixo.  O que te  valeu dares 3 batatas ao Belenenses? Bastava 1 batata e guardava 2 batatas para esta noite!  Estamos agora a 9 sacos de batatas atrás do Sportém.  É muita batata, mas espera que por este andar, o batatal do teu vieira vai bater este ano o record da safra de batatas!!! Também estamos a 5 sacos de batatas de distância do Porto, quer dizer que o batatal do teu ídolo está batatando!!! Para chegar ao TITALO, é necessário recuperar 14 toneladas de batatas!  É muita batata para a pequena camio

Síndrome de Estocolmo

Os sócios do Benfica sofrem do Síndrome de Estocolmo, por isso lfv pode fazer ao Benfica o que fez ao Alverca ( Acabou com o clube) que a maioria Benfiquista continuaria apoiar e a defender vieira com toda a garra.  Brevemente seremos um Salgueiros, um Estrela da Amadora, um Alverca.