Avançar para o conteúdo principal

Ó MENTES TÃO DEMENTES, QUE VOS MENTIS A VÓS PRÓPRIOS! (1)

Na verdade, LFV nunca acreditou em nenhum projecto para um Benfica campeão europeu, porque isso não está ao alcance de mentes merceeiras de estruturas domésticas, cuja direcção se rendeu à ortodoxia das vendas e dos negócios, como meio e forma de sustentar toda uma máquina pesada e dispendiosa, muito pouco talhada para as questões do futebol, cujos sócios e adeptos vão sendo marginalizados e substituídos por “clientes corporates” e “accionistas interesseiros”.

LFV sabe, que para se manter no poder sem sobressaltos, tem de fazer do Benfica um clube hegemónico, pelo menos cá dentro, e as idas anuais ao Marquês de Pombal a festejar os títulos de campeão nacional é o mínimo que se lhe pede do muito pouco ou quase nada que tem para oferecer, e apenas serão uma mera panaceia para fazer esquecer todo o resto que ficará por conquistar, como o provam as fracas e anémicas prestações na Champions League.

LFV sempre pensou pequeno, ainda que nos queira convencer do contrário, porque as vitórias sobre os tondelas, os moreirenses ou os paços de ferreiras de trazer por casa, não dão prestígio nem dinheiro, quanto muito uma suposta e falsa superioridade, prontamente desmentida e posta em xeque perante adversários mais poderosos na Europa, quando vamos como galinhas assustadas enfrentar os liverpools, os barcelonas ou os bayerns desta vida, com a noção exacta do nosso “Portugal dos pequeninos”, que põe a nu as nossas fraquezas e debilidades congénitas.

LFV é um presidente que fica muito aquém de um Benfica ambicioso que já foi, ou de um Benfica campeão europeu que tenha intenções de voltar a ser, porque o cidadão do bairro das Furnas não tem formação nem capacidade intrínsecas para estar ao leme de um clube tão enorme e exigente como o Benfica, cujo amadorismo e impreparação, são indubitavelmente entraves inultrapassáveis para almejar conquistar o que quer que seja, já que não se pode prometer o sol a quem nunca ousou sair das trevas escuras do imobilismo e da estagnação.

 José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

0 comentários

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não