Avançar para o conteúdo principal

UM BENFICA, ASSIM, CAMPEÃO EUROPEU? NA LIGA EUROPA OU NEM ISSO!...


Bruno Lage continua a inventar com a mesma facilidade com que, porventura, cria histórias infantis para adormecer o filho.
E ontem, em mais uma exibição confrangedora, e novamente em casa, este Benfica mostrou mais uma vez as suas carências e lacunas, num plantel com muita gente que devia ter saído e não saiu, e com alguma gente, que fizesse a diferença pela qualidade, que devia ter entrado e não entrou.

O treinador não será o maior culpado, nem sequer o único, por esta incapacidade revelada de atacar o mercado atempadamente com algum critério de escolha, deixando-se antes, enredar na teia entorpecente que a direcção lhe urdiu à sua volta, sem qualquer arrufo de contestação, antes pelo contrário, aceitando de ânimo leve e sem barafustar tudo o que lhe davam.

E a mensagem, insidiosa e maldosa, foi passando sorrateiramente com o único intuito de culpabilizar e responsabilizar o treinador, que será sempre o que sofrerá as consequências de uma possível imolação.

Ao aceitar como aceitou Bruno Lage, que em seu nome se dissessem frases assassinas e maldosamente intencionais, só para o comprometerem e tramarem, no caso de alguma coisa correr mal, como do género: “o treinador decidiu fechar o mercado, quando o presidente até estava na disposição de lhe dar mais um avançado”, ou “ao treinador foram-lhe dadas todas as condições para construir um bom plantel”, ou ainda que, “a competitividade interna (então e a externa?) pedida por Bruno Lage está assegurada”.

Quando na verdade, o treinador quis um guarda-redes, e não veio e ontem, num lance que ocorreu no jogo, Vlachodimos correu sérios riscos de se ter lesionado, mas isso não conta.

- Quis um defesa direito e também não veio, porque Ebuehi é uma carta fora do baralho, e teve que andar a fazer experiências com o Nuno Tavares, e agora foi obrigado(?) a meter à pressa o Tomás Tavares, só para se deixar a ideia nos adeptos de que existem soluções no plantel;

- Quis um médio distribuidor de ligação, e não veio, para agora andar a disfarçar a ausência de Gabriel, com Samaris ou Taarabt (contabilizem-se as perdas de bola do marroquino, no jogo de ontem, junto à nossa área, e está tudo dito) nunca serão soluções, mas apenas recursos, o que é bem diferente, e ainda que queiram dourar a pílula, dizendo que o Adel tem sido ultimamente o melhor em campo, isso apenas é um indicador da pobreza franciscana do nosso plantel.

Resumindo, Bruno Lage queria dois bons jogadores para cada posição, e isso, de maneira alguma, nunca lhe foi oferecido, e o resultado e a exibição contra o Leipzig é bem demonstrativo disso mesmo.

Já andava desconfiado, mas fui-lhe dando algumas tréguas de tolerância, que é assim que se deve proceder quando queremos analisar alguém, mas contra os alemães dissipei todas as minhas dúvidas.

Raúl de Tomás ou RDT (Real Desperdício Trazido), é efectivamente mais um flop que chegou ao Benfica com a tarimba de Jorge Mendes, e apesar da sua estampa física, não ganhou um lance aos defesas, nem nas primeiras nem nas segundas bolas, pensa mais em si do que na equipa, desgasta-se facilmente, anda de rosto fechado e nota-se que não anda feliz, e este enorme jejum de golos ainda mais fazem acentuar a sua falta de qualidade, pese embora a sua generosidade.

O saudoso presidente João Santos, que chegou à presidência do Benfica em 1987, e prometeu, durante a sua campanha, pôr novamente o Benfica no topo europeu, e cumpriu de tal forma, que fomos às finais da taça dos campeões europeus em 1988 e 1990, infelizmente perdidas, mas estivemos lá, onde muitos agora se pavoneiam um dia também querer estar, mas isso era no tempo em que havia homens de palavra e que levavam muito a sério tudo aquilo que prometiam.

Amo-te, Benfica!
 José Reis
(Retirado de NGB)


                                                  (Benfica ate debaixo d'agua.)
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

0 comentários



Mensagens populares

Este é o Benfica atual

O mal do Benfica é geral, é uma doença que atravessa todo o clube.  Reparemos: apesar de um orçamento global muito avultado para o país que somos, temos a seguinte situação:  - futebol masculino: perdemos vergonhosamente o campeonato e a Taça de 2020; estamos em terceiro lugar, a 4 pontos do primeiro, com duas derrotas vergonhosas nos dois últimos jogos; da Europa, nem vale falar; 

Limpinho, limpinho...

Barcelona sem Messi e na falência, foi esta noite uma pera doce para o Benfica que fez tudo para merecer esta gorda vitória e um passo gigante para a passagem na Champions, o que vem a dar mais uns milhares para os depauperados cofres do clube !!!

Exmo. Sr. Luís Filipe Vieira

Seguindo-lhe os passos vou enviar-lhe esta carta, não para me queixar de arbitragens, de falta de penaltis, de escassez de golos, de Covid, de escorregões e de outras desculpas esfarrapadas e escarrapachadas  ao estilo rasca de uma qualquer banda desenhada de vão de escada, num dos valores que em tempos a sua leitura elevava o Benfica e orgulhava os benfiquistas – o jornal “O Benfica”.  

Saia mais uma dose de batatas para o Celestino Mouco...

Esta prosa é apenas para um ex-amigo que tive a desdita de conhecer na minha terra natal, ( há horas do diabo...)  fanático do Vieira e do oxigenado que normalmente anda sempre a cheirar-me o rabo.  A cada traque mal cheiroso que dou, toma-o como se Chanel nr. 5 se tratasse.  Caro Celestino Mouco; há dias entraste no meu quintal e zurravas para que eu falasse das 3 batatas que o clube do jorge jesus deu ao Belenenses mas, esta noite, o teu vieira enfardou mais um saco de batatas  em Alvalixo.  O que te  valeu dares 3 batatas ao Belenenses? Bastava 1 batata e guardava 2 batatas para esta noite!  Estamos agora a 9 sacos de batatas atrás do Sportém.  É muita batata, mas espera que por este andar, o batatal do teu vieira vai bater este ano o record da safra de batatas!!! Também estamos a 5 sacos de batatas de distância do Porto, quer dizer que o batatal do teu ídolo está batatando!!! Para chegar ao TITALO, é necessário recuperar 14 toneladas de batatas!  É muita batata para a pequena camio

Síndrome de Estocolmo

Os sócios do Benfica sofrem do Síndrome de Estocolmo, por isso lfv pode fazer ao Benfica o que fez ao Alverca ( Acabou com o clube) que a maioria Benfiquista continuaria apoiar e a defender vieira com toda a garra.  Brevemente seremos um Salgueiros, um Estrela da Amadora, um Alverca.