Avançar para o conteúdo principal

Não abuse Sr. Sílvio Cervan !

Umas palavras necessárias ao senhor Sílvio Cervan: Saiba o senhor vice-presidente que eu tinha uma certa consideração por si. Até ao dia em que o ouvi chamar patetas aos benfiquistas que criticam o que acham estar mal no Benfica (não me identifico com as ameaças proferidas por alguns, que fique claro). 

Chamou-me pateta, e eu não gosto de ser ofendido. 

O Sport Lisboa e Benfica é um clube de matriz e tradição democráticas, como o senhor não se cansa de sublinhar, e eu, como benfiquista desde que me conheço e sócio com as quotas em dia, quero e exijo que continue a ser. 

Ora, se somos um clube democrático, as críticas têm de ser aceites e entendidas por si e pelos restantes líderes do momento, que têm a obrigação de corrigir o que está mal e de tudo fazer para nos darem alegrias e para que nos revejamos em vós. 

Chama-se a isso humildade e responsabilidade e liderança. 

Criticar a liderança não é deitar abaixo o Benfica, senhor Cervan. O senhor e Vieira e os outros líderes não são o Benfica, senhor Sílvio. 

O Benfica somos nós, os adeptos e os sócios, o senhor incluído. Não me diga que não sabia. 

O que é que o senhor quer? 

Que fechemos os olhos e a boca ao apertão de pescoço que o senhor Vieira deu a um sócio que criticava – no seu justíssimo direito – e aos muitos insultos nas assembleias-gerais e nas entrevistas (até pulhas já nos chama), à BTV cada vez mais um instrumento de propaganda a Vieira e de ofensas aos benfiquistas descontentes, à OPA de má memória e pior catadura, às preparações das épocas feitas sem critério, às suspeitosas e desastrosas contratações, às vendas e dispensas de jogadores que nos ficam a fazer falta e não são colmatadas a contento, aos milhões desbaratados e às receitas antecipadas, à informação amadora e prejudicial ao clube, à defesa pífia do clube face aos constantes ataques dos inimigos, ao calar dos roubos pelas arbitragens e das humilhações pela FPF e pela Liga, ao futebol miserável que andamos a praticar há mais de um ano e aos insucessos e desgostos sucessivos que nos dão, a toda a deriva a que assistimos nas últimas épocas? 

Comer e calar as arrogâncias e as ofensas continuadas, os erros recorrentes, os dolos provocados por «luzes» e teimosias, o desprezo pelos anseios e preocupações e a voz e a paixão dos benfiquistas? 

Não considera normal que os adeptos e os sócios critiquem e reivindiquem quando as coisas não vão bem? 

Afinal, que espécie de democracia o senhor advoga para o clube? Tenho idade para ser seu pai, e ofendeu-me. Não vou ofendê-lo, porque sou educado e não quero descer ao seu nível. 

Mas não abuse.

Anónimo14 Março, 2021
(Comentário retirado do NGB)
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

0 comentários

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não