Avançar para o conteúdo principal

AS 45 RAZÕES DE UMA LASCÍVIA IRRACIONALIDADE!

O jornal “O Benfica”, transformado hoje como o órgão oficial do regime vieirista, agora com mais tempo disponível para se dedicar a escrever lérias da treta e minudências disparatadas, possivelmente para compensar a escassez de vitórias e o jejum de títulos e troféus, que vão sendo cada vez mais raros de acontecer e de se darem à estampa como notícia principal, quer no futebol bem como nas modalidades de pavilhão, onde já vão faltando pretextos e hábitos para se festejar e rejubilar com qualquer feito que ocorra, deram-se agora ao trabalho, mais em missão de pachorra, imagine-se, num artigo estranhamente anónimo – já não têm coragem para dar a cara – publicado em dose maciça de panfleto, de elencarem 45 razões para explicar e fundamentar as causas que despoletaram a crise profunda que afecta o Benfica, numa espécie, diria eu, versão rasca e plagiada do livro de E. L. James, “As Cinquenta Sombras de Grey”, que apesar de todo o empenho e esforço para desculpabilizar os responsáveis, com mais ou menos retoques de erotismo e voyeurismo, que lhe pretenderam dar os supostos autores desta lascívia prosa, não satisfizeram minimamente os sócios e adeptos, hoje tão exigentes quanto carentes, de que aconteça alguma coisa no Benfica, desportivamente falando, que lhes levante a moral e o ânimo, em vez de lhes postergar a volúpia e a crença, em estado acelerado de definhamento e flacidez. 

É evidente que nos podemos deitar a adivinhar, não no sentido literal de quem vai para a cama que nos querem fazer, mas no puro exercício de intuir em saber quem teriam sido as prostitutas avençadas que se expuseram e prestaram a fazer este serviço/frete ao proxeneta Luís, que como em todas as estórias obscenas de pornografia de cordel, existe sempre uma rameira gorda e anafada, que monta a tenda e vai com todos para a guerra, e uma outra, mais ou menos estereotipada e tímida, que prefere ficar à janela a ver quem passa, com o seu decote ousado, decifrando mensagens e piropos que envia e recebe por detrás dos cortinados de organdi. 

Em ambos os casos, a insinuação é mais que explícita, usada como décor e táctica do engate, para ir seduzindo os poucos clientes que ainda restam e se deixam enredar e levar pela propaganda da mercadoria exposta, para total desconsolo e desconforto do proxeneta Luís, que estando preocupado com a perda da fama e com a ruína do negócio, a fracassarem a olhos vistos, ainda tentou, num último esforço de desespero, ir ao Brasil buscar uma puta de luxo, só ao alcance de algumas bolsas e chulos, para ver se assim o prostíbulo ganhava outro prestígio e proveito, mas nem isso resultou, podendo afirmar-se que foi pior a emenda que o preservativo. 

As mãos que nas últimas eleições mandataram a prossecução do regabofe da prepotência e da arrogância, são as mesmas que continuam a masturbar esta direcção impotente, ainda não convencidos da congénita incapacidade que revelam em alcançar o clímax das vitórias e dos sucessos, sabendo-se agora, que a tão propalada hegemonia, tão debatida até à exaustão, afinal não passava de uma gravidez histérica e extemporânea, insuflada apenas pelo excesso de soberba e pelo exagero de sobranceria. 

Amo-te, Benfica! 
 José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

1 comentários

  1. Grande postadela do enorme José Reis.
    Pouca gente, muito pouca tem esta lucidez e esta fluência de escrita na ponta de uma caneta.
    Os meus parabéns.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não