Avançar para o conteúdo principal

Próximo Emblema a Águia terá bigode e em vez de asas vai ter orelhas!

As instituições para manterem a sua identidade e coesão têm de salvaguardar algumas das suas características.

É indesmentível que a crescente "mercantilização" dos símbolos também chegou ao nosso Clube. É um erro grave.

Começamos com as estrelas, passamos para os dourados, depois para os monocromáticos nos equipamentos alternativos e agora já vamos nos monocromáticos nas camisolas principais.

A grande "novidade" deste ano é que já temos camisolas principais não lembram o vermelho vivo mas sim um vermelho alaranjado.

Não estou a fazer nenhum drama nem a inventar coisas. Estou a constatar.

A Adidas tem livre trânsito para definir os equipamentos principais e alternativos?

O departamento do nosso Clube que tem competências para interagir com a Adidas têm feito o seu trabalho?

Com que critérios?

Há alguma preocupação de conhecer e respeitar os regulamentos?

Quem não intervém é conivente ou ainda mais grave ainda é um agente activo de mudança das marcas identitárias do Clube.

Mudança ilegal.

Mudança que desrespeita os estatutos.

Os estatutos são soberanos.

É certo que o Sr. Domingos Soares Oliveira fez declarações publicas depreciando as qualidades comerciais do Emblema e dizendo que seria feita uma proposta aos sócios mas isso até agora não aconteceu.

Calculismo eleitoral? Calculismo condicionado pelo contexto desfavorável? Noção clara de que poderão causar um turbilhão destrutivo de protestos.

Concluindo: a questão dos Símbolos e das cores do Clube é de suprema importância.

Está cuidadosamente detalhada nos Estatutos.

É vinculativa para qualquer Direcção.

Não depende dos tempos ou das modas.

É válida até ser alterada por vontade maioritária de sócios votantes em Assembleia Geral convocada para o efeito ou seja colocando essa intenção na ordem dos trabalhos.

Que instituição queremos ser?

Que instituição recebemos dos nossos pais e dos nosso avós?

Estaremos a deixar uma instituição melhor e com a mesma identidade aos nossos filhos?

É o Sport Lisboa e Benfica. Tratemos de garantir que continuará a ser nos anos que virão.

Victor Carocha 31/7/20 14:05
(Em Defesa do Benfica)
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

0 comentários

Apoio de:


Aleatórios

Mensagens populares

As escutas do Apito Dourado foram totalmente legais

    Apito Dourado, a grande mentira das escutas   "Passaram esta quinta-feira 18 anos de um dos maiores escândalos da justiça e mais uns quantos da perpetuação de uma das maiores mentiras que alimenta o mundo do futebol."

A Máfia, a Maçonaria e o Apito Dourado

Costuma dizer-se que "a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo vem à superfície". Apareceu agora o testemunho do ex-juiz José Costa Pimenta, um antigo juiz reformado compulsivamente. A Maçonaria manda na justiça em Portugal. pulpuscorruptus.blogspot.com Mas a lei das escutas foi alterada, posteriormente em 2007 (governo Sócrates).

Carta à Cofina

Exmos. Senhores. Começo por vos dizer que sou um Benfiquista e sócio de 4 dígitos. A minha simpatia por tudo quanto é Cofina é nula...como nula é a vossa simpatia pelo meu Glorioso. Neste interim, estamos empatados. Quando estão disponíveis nos cafés, leio por alto as capas do CM, e no Record apenas aquelas duas páginas que dedicam ao Benfica. (normalmente são já notícias requentadas). O Record é mais pró-Sporting. Todos nós sabemos e isso até é o que menos me importa. Cada Jornal segue a linha que quiser. Só compra quem quer! Em casa, passo algumas vezes pela CMTV, mas como as notícias do "assassino" do "pedófilo" da "greve" do "homicida" dos "incêndios" etc etc.. se repetem, repetem, repetem até à exaustão, perco-lhes o interesse e mudo de canal. Mas é outro o assunto que me levou a escrever-vos. Os programas de desporto que vocês exibem todas as noites, onde a barulheira é tal que não se percebe nada do que dizem, a CMTV não