Avançar para o conteúdo principal

UM BENFICA JÁ RENDIDO?

Se é certo, como diz o adágio popular, que o gato tem sete vidas, também por comparação o Benfica já teve sete pontos e agora só lhe resta um de vida, que é como quem diz, um que o segura na liderança cada vez mais frágil e periclitante, que em duas jornadas consecutivas sem pontuar, claudicou e o colocam numa situação de aperto e desespero.

E se um dos temas agora na berra da actualidade dos nossos dias é a eutanásia, dar-se dignidade à morte quando ela já não se consegue dar à vida, também o Benfica, a padecer de uma enfermidade que já vinha dando sinais claros de degenerescência competitiva que apontava para este desfecho de quase desapego à vida, que é como quem diz, a desistir de lutar pelo campeonato, sem a dignidade própria de um campeão que conheceram os nossos pais e avós.

O Benfica em si, nunca morrerá e nem tão pouco abdicará de lutar pelos títulos, mas o que dá a impressão, é que tanto LFV como Bruno Lage querem eutanasiar o Benfica, um porque apesar de dispor de condições financeiras para o fazer não tem competência nem capacidade para dotar o clube de bons jogadores que façam qualificados plantéis, e o outro, apesar da falta de matéria-prima, não consegue dar a volta com a que tem, muita dela escolhida por si, chegando até hoje na dúvida permanente de que não consegue implementar um modelo táctico para os jogadores que tem ou então serão os jogadores a alhearem-se e a não perceberem as ideias de jogo que o treinador quer, resultando deste equívoco insanável uma salganhada de todo o tamanho que não conduzirão o clube a um bom destino.

Bruno Lage faz lembrar hoje um náufrago desesperado que se agarra à última bóia que resta para lhe salvar a vida, e as suas conferências de imprensa, demasiado monótonas e repetitivas, mais parecem frases feitas de alguém que se rende e abdica de lutar do que propriamente de um discurso afirmativo e confiante de alguém que quer vencer.

Já LFV, a provar o veneno de mais uma vez não ter sido capaz de formar um plantel equilibrado, ainda para mais com muitas lacunas e carências que não soube colmatar no mercado de Inverno, sujeita-se a perder o segundo campeonato para um clube intervencionado com a corda na garganta e muitos milhões de prejuízos acumulados, que apesar de todos os esforços do Benfica Eagle, como é que se explica então, que um clube nessas condições tão precárias e depauperadas ainda consiga competir e até superar o Benfica, o tal das boas e óptimas contas e dos lucros em catadupa, mas que na prática e no relvado de nada valem, quando na verdade deveriam fazer a toda a diferença na competição e não fazem.

Porque será então?

Elogiar-se as boas contas de um clube que depois até perde em campo com aquele que as tem horríveis no papel, é um contra-senso e um paradoxo que não vale a pena estar-se a repetir, sob pena de se acentuar ainda mais a incompetência e a incapacidade desta direcção, que tendo os ditos ovos ao dispor não consegue fazer boas omeletes, e como maus cozinheiros que são, contentam-se, quanto muito, com uns pindéricos ovos mexidos para irem à mesa.

Não adianta andar apregoar que somos ricos e grandes e fazer parcerias só para a fotografia da vaidade com uma equipa de basebol norte-americana, vá-se lá saber para quê(?), e depois ter-se uma mentalidade de merceeiro forreta que, no que diz respeito ao futebol, que é isso que mais nos interessa, nunca aposta forte.

Não queremos ser os campeões das vendas e os campeões dos lucros quando isso na prática nada significa e nada reverte para termos grandes jogadores e bons plantéis, para sermos dominadores e avassaladores cá dentro e altamente competitivos na Europa, porque isso é que conta e nos torna maiores e nos dá prestígio.

O ponto fictício que agora seguramos na liderança - e fictício porque na prática nem sequer existe -, pela desvantagem no goal-average, não augura nada de bom, e LFV e Bruno Lage terão ser responsabilizados por mais esta eventual hecatombe.

Mas isso serão panos para outras mangas…

Amo-te, Benfica! José Reis
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

1 comentários

  1. Questão:
    Diz o José Reis que LFV não foi capaz de formar um plantel equilibrado.
    Penso que para se ser capaz ou não, tem que se tentar, ou, neste caso, comprar jogadores para as lacunas que todo o mundo conhece!
    O que não fez!
    Mas se nem isso fez, talvez a frase deva ser que LFV não quis formar um plantel equilibrado.
    O que vem entroncar na tese que o homem anda a ajudar terceiros por um lado e por outro a desbaratar dinheiro não se sabe onde.
    Porque quase mil milhões em vendas nos últimos anos serviriam para ter as contas muito mais equilibradas do que estão, o que não acontece, porque se andam a adiantar receitas das transmissões com quebras brutais nos valores que entram, devido aos adiantamentos.
    Outra forma de esbanjar dinheiro com destinatários certos é essa história da OPA!
    Se os entendidos são unânimes em dizer que a blindagem a ataques externos está bem como está, qual é a ideia de "dar" uns milhões a ganhar a amigos e sócios da construção?
    Esta parece tão patética que me leva a pensar que alguma sondagem encomendada mostra que o tacho está por um fio e há que carregar a mobília!
    Apoio todos os candidatos que se comprometam, caso vençam as eleições, a mandar auditar as contas do Glorioso no "reinado" do rei sol!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário



Mensagens populares

Este é o Benfica atual

O mal do Benfica é geral, é uma doença que atravessa todo o clube.  Reparemos: apesar de um orçamento global muito avultado para o país que somos, temos a seguinte situação:  - futebol masculino: perdemos vergonhosamente o campeonato e a Taça de 2020; estamos em terceiro lugar, a 4 pontos do primeiro, com duas derrotas vergonhosas nos dois últimos jogos; da Europa, nem vale falar; 

Limpinho, limpinho...

Barcelona sem Messi e na falência, foi esta noite uma pera doce para o Benfica que fez tudo para merecer esta gorda vitória e um passo gigante para a passagem na Champions, o que vem a dar mais uns milhares para os depauperados cofres do clube !!!

Exmo. Sr. Luís Filipe Vieira

Seguindo-lhe os passos vou enviar-lhe esta carta, não para me queixar de arbitragens, de falta de penaltis, de escassez de golos, de Covid, de escorregões e de outras desculpas esfarrapadas e escarrapachadas  ao estilo rasca de uma qualquer banda desenhada de vão de escada, num dos valores que em tempos a sua leitura elevava o Benfica e orgulhava os benfiquistas – o jornal “O Benfica”.  

Saia mais uma dose de batatas para o Celestino Mouco...

Esta prosa é apenas para um ex-amigo que tive a desdita de conhecer na minha terra natal, ( há horas do diabo...)  fanático do Vieira e do oxigenado que normalmente anda sempre a cheirar-me o rabo.  A cada traque mal cheiroso que dou, toma-o como se Chanel nr. 5 se tratasse.  Caro Celestino Mouco; há dias entraste no meu quintal e zurravas para que eu falasse das 3 batatas que o clube do jorge jesus deu ao Belenenses mas, esta noite, o teu vieira enfardou mais um saco de batatas  em Alvalixo.  O que te  valeu dares 3 batatas ao Belenenses? Bastava 1 batata e guardava 2 batatas para esta noite!  Estamos agora a 9 sacos de batatas atrás do Sportém.  É muita batata, mas espera que por este andar, o batatal do teu vieira vai bater este ano o record da safra de batatas!!! Também estamos a 5 sacos de batatas de distância do Porto, quer dizer que o batatal do teu ídolo está batatando!!! Para chegar ao TITALO, é necessário recuperar 14 toneladas de batatas!  É muita batata para a pequena camio

Síndrome de Estocolmo

Os sócios do Benfica sofrem do Síndrome de Estocolmo, por isso lfv pode fazer ao Benfica o que fez ao Alverca ( Acabou com o clube) que a maioria Benfiquista continuaria apoiar e a defender vieira com toda a garra.  Brevemente seremos um Salgueiros, um Estrela da Amadora, um Alverca.