Avançar para o conteúdo principal

Haja alguma luz...

Sjwaria Law 27 Junho, 2019 06:19
(retirado do blogue NGB)

Acho que todos estamos confusos com esta proposta e o Benfica deveria esclarecer o quanto antes possível.
Se o Atlético quer pagar a prestações, então o Atlético contrai um empréstimo de 120 milhões, paga a clausula e depois vai pagando ao banco, fácil...

Mas parece que eles querem pagar ao Benfica 126 milhões em prestações e o Benfica que faça o empréstimo ao banco para receber os 120 milhões a pronto, e o Atlético indirectamente vai pagando ao banco via Benfica... um processo mais complicado...

Quanto ao mecanismo de solidariedade, tanto quanto sei o clube que vende tem que retirar do valor da venda a percentagem, o clube comprador nada tem a haver com isso,(1) o Benfica recebe 120 milhões, mas fica com 118,8 milhões e dá 1,2 milhões ao FCP.

Quanto às comissões, sempre pensei que quem compra paga comissões, quem vende não paga nada.

Mas como não existe regras nem nada e é um faroeste o futebol mundial, tudo é possível.

Porque pagaria o Benfica uma comissão a um empresário por vender um jogador que o clube não quer vender, não faz sentido.
Mas entenderia que, se o clube coloca o jogador no mercado e pede ao empresário para conseguir um negócio, que se pague uma comissão.

Outra situação é a que se tem debatido, que quando o Benfica renovou com João Félix que tenha cedido uma percentagem da transferência futura ao empresário/jogador, algo que penso que não seria de todo inédito.

Espero que tudo isto seja esclarecido pelo Benfica quando o negócio terminar, em vez de pairar sempre uma nuvem à volta de todos os negócios do futebol.

Nota;
(1) Há quem opine que seja o clube comprador a pagar.


Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

5 comentários

  1. Sem embargo de esclarecimentos que possam vir a acontecer por parte do Benfica, penso que a operação se caracteriza como uma operação de factoring, tão simples quanto isso. Neste tipo de operação (milhares são efectuadas por empresas fornecedoras através dos seus Bancos, com linhas de crédito especificas), o fornecedor da "mercadoria", neste caso o Benfica, emite uma ou mais facturas no valor total de 120M€ que são endossadas a uma entidade financeira. Esta entidade coloca de imediato o valor na conta do SLB, ficando com o ónus de apresentar, nas datas estipuladas, as ditas facturas a pagamento. Obviamente que este tipo de operação acarreta taxas, juros e outras comissões, daí os tais 6 milhões da diferença. Resumidamente, com o factoring, o Benfica saca de uma só vez os 120 milhões limpos, o Atlético pagará às prestações ao Banco mediante apresentações das facturas, e ainda vai pagar juros e comissões, que normalmente são pagos pelos vendedores/fornecedores, mas que neste caso, será unicamente o comprador a suportar. Quanto à indemnização ao FCP, será também o Atlético a pagar não estando a verba integrada do montante dos 126M€.

    ResponderEliminar
  2. Opina? Pensei? Realmente o que dizes sobre as regras e o seu desconhecimento generalizado leva a este tipo de especulações.
    É por estas e por outras que em 2022 vamos ter mundial de futebol para camelos.

    ResponderEliminar
  3. Amigo Viriato, quem vai pedir o empréstimo é o AM... quem pada 1,2 me aos tinhosos é quem inscreve o jogador, neste caso o AM.
    1 abraçon

    ResponderEliminar
  4. A operação deve ser um Confirming por parte dos espanhóis . O credor pode antecipar a totalidade da facturas (vamos supor 3), e neste caso o devedor pode assumir os custos do adiantamento... como parece ser o caso.
    Vastagens? O credor não aumenta passivo e recebe o valor líquido, o devedor paga ao banco na data de vencimento das facturas, ou seja em três prestações

    ResponderEliminar
  5. Fico fascinado com a falta de cultura financeira que vejo tão espalhada. Quem paga comissões é quem compra? A sério?? Quando vai comprar um carro a um stand de automóveis, depois de acertar o preço o vendedor vira-se para si e pede a sua comissão a acrescer ao valor de venda?
    Ou quando compra uma casa, depois de acertar o preço, tem de pagar mais a comissão ao vendedor?
    E que tal evitar que o ódio tolde completamente a razão?

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Apoio de:


Mensagens populares

Benfica, um novo rumo

O regresso de Jorge Jesus ao Benfica deveu-se a critérios não desportivos. A forte oposição que se perfilava para as eleições de 2020 a Filipe Vieira impunha uma aposta mobilizadora dos sócios.

Vieira pôs o Benfica na sargeta!

Desde há um ano que me afastei das "coisas do Benfica".  Até  devolvi o meu cartão de sócio por não me rever no que era o Benfica do vigarista Vieira;  logo eu, que era (e sou, basta ir lá levanta-lo...) sócio de 4 dígitos, qualquer coisa como 6 mil e picos.

FC Porto: Suspeitos de manipulação de resultados

Dirigentes do FC Porto são também suspeitos de manipulação de resultados. 15 jogadores envolvidos no esquema que envolverá Pinto da Costa. Fundos desviados da SAD do FC Porto terão também servido para financiar a alegada manipulação de resultados desportivos e actividades de dirigentes dos Super Dragões.

AS eleições no BENFICA foram uma fraude!

HOJE não existe BENFIQUISMO, existem interesses instalados, cujo cancro é LFV, agrilhoado ao poder por forças ocultas e de interesses materialistas, que pouco tem a ver com o BENFICA, o futebol conta pouco, aliás LFV nem gosta muito de bola, tal como os americanos do Manchester United, vai chegar o dia da revolta, pois tudo tem o seu tempo, nas última ELEIÇÕES os sócios tiveram essa oportunidade,