ERROS DE "CASTING" - Em Defesa do Glorioso
Avançar para o conteúdo principal

ERROS DE "CASTING"

Não, não e não.  Não comecem já com coisas de mau benfiquista...de infiltrado... de querer mal ao Vieira e ao Jesus,  logo, um pseudo-Benfiquista da pior espécie...

Este post não é meu, mas sim um artigo da autoria de um tal Mário Pereira e que saiu hoje no Correio Manhoso na página do Correio Sport.  ( com o qual estou quase de acordo)
Vamos lá então;

---------------------------
«Chegada de Siqueira atira Bruno Cortez para o baú das contratações falhadas da era de Jesus. Onde jazem mais de duas dezenas de nomes.

O Defesa brasileiro Bruno Cortez é o mais recente membro do clube, das contratações falhadas do Benfica na era de Jesus.
Aposta clara do treinador das águias para a lateral esquerda da defesa nas três primeiras jornadas da Liga, Cortez recebeu nesta semana duas moções de desconfiança que praticamente lhe sentenciaram o futuro na Luz: a chegada in extremis de mais um reforço para a sua posição, Siqieira, e o corte do seu nome na lista de inscritos para jogar na Liga dos Campeões. De titular absoluto passa a potencial proscrito. Em menos de um mês.
As avaliações técnicas feitas nos jogos realizados deixaram poucas dúvidas à maior parte dos observadores, para os quais Bruno Cortez não apresentou qualidade que justificassem a contratação. Por isso, parece menos estranha a decisão de o deixar cair do que a opção de o comprar.  O que suscita embaraçosa questões à forma como é gerida a politica de contratações na Luz (este BOLD é da autoria cá deste vosso Viriato)

Do mal o menos, Cortez chegou ao Benfica a título de empréstimo, cedido pelo São Paulo. As águias apenas têm o encargo das remunerações mensais. Caso queira exercer o direito de preferência, no final da época, o Benfica terá de desembolsar cinco milhões de euros.
Cinco milhões de euros foi precisamente a verba paga ao Arsenal de Sarandi, da Argentina, pelo passe do central Lisandro Lopez. Jogador que já foi cedido ao Getafe, de Espanha, em mais uma decisão surpreendente. Ou talvez não.
Desde 2009, altura em que o Jorge Jesus chegou à Luz, houve mais 20 contratações falhadas no Benfica. (outro BOLD cá do vosso criado)

Nestas páginas apresentamos 22, já com o Cortez e Lizandro. Ouseja, duas equipas de futebol;

Luiz Fernández, Rodrigo Mora, Franco Jara, Airton, Sidnei, Keirrison, Eder Luis, Felipe Menezes,  Daniel Wass, Roberto, Yanik Djaló, Capedevilla, Michel, Luisinho, Nuno Coelho, Shaffer, Carole, Fábio Faria, Patric, César Peixoto.
-------------------
Outras curiosidades que escreve o M.Pereira, no mesmo caderno;
 - 13 número de contratações feitas pelo Benfica para esta época, num investimento total de 31,2 milhões de euros.
 - 100 valor redondo do custo de passes dos 27 jogadores que fazem parte do plantel com o qual o Benfica ataca a época 2013/14
- Preterido. O vançado argentino Funes Mori foi contratado numa fase em que Cardozo estava proscrito. Com a reintegração do paraguaio vai perder espaço. Para já, está fora da Champions.

-----------------

ADENDA
Como há a dois Países que não fecharem a data das contratações, esperam-se ainda  novidades para encurtar o exército que temos no plantel de 29 jogadores  com a inclusão do Floribelo e C.Martins.

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

Comentários Blogger